Grito Número Cento e Vinte e Três:

sábado, 3 de setembro de 2011

E DENTRO DAS SEMENTES... FLOR!


Caminhou por toda América, de ponta a ponta, de costa a costa.
Viu desertos, montanhas e jardins.
E ele sabia que depois de sentir o cheiro das rosas, as sementes seriam apenas sementes.
E de suas verborragias solitárias e monólogos mentais, enquanto caminhava ou corria, só soube falar de flores até o fim de sua vida.
Muito velho se instalou no Atacama e lá passou seus últimos anos.
Lá não havia flores. Lá não havia sementes.
Foi algoz e impiedoso consigo mesmo ao escolher o mais árido dos lares.
E sua alma se foi de seu corpo enfermo e rugoso.
Mas em seus campos elísios encontrou apenas sacas e secas de sementes.

E Hades, jocoso, disse:

- Se quer ver flores, plante.
- Puxa, Seu Hades, não sabia disso! - e sorriu pegando a primeira saca e colocando em sua corcunda.

3 comentários:

Patrícia Lemmon disse...

Com tudo e em qualquer lugar é assim... se queremos algo, precisamos plantar.

Patrícia Lemmon disse...

Só pra constar - UAU! você tá muito inspirado!

Mariana Bisonti disse...

Sem desmerecer o resto do texto..
Mas só isso: "Se quer ver flores, plante." Bastava.