Grito Número Sessenta e Seis:

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Sobre as próximas doses desejadas...
Nossa, como eu quero no ano vindouro me embebedar! 
Embebedar de Hemingway, Bukowski e Jostein Gaarder. 
Embebedar de Chaplin, Tarantino e conseguir intercomunicar os dois.
Tão ambíguos e polivalentes.
Quero me embebedar com artigos científico-jurídicos, me embebedar de teoria. 
Mas eu já estou vomitando há anos. 
Porém, sempre insisto em mais uma dose. A dose me nutre em pequenos ciscos, antes de mais um jato de vômito botar tudo pra fora. 
Chegou a hora da ressaca, de sentir os efeitos da última bebedeira. Ficar estático ou invés de extático, e esperar as minhas aspirinas chegarem pelo correio. E quando passar toda zonzura, já estão me esperando mil garrafas na estante para voar.
Para o alto e avante, sempre. 
Mais uma dose, sem gelo, por favor. 

2 comentários:

Patrícia Lemmon disse...

Tome bastante água, os efeitos da ressaca são menores... não digo por experiência pois sempre esqueço da água.

Dona Filomena disse...

não vomite! depois de um tanto tempo embebedando-se, vc ganha certa tolerância... estou longe desta fase, entretanto...